VOZES DA POESIA / POESIA EM VÁRIOS TONS / POESIAS BRASILEIRAS / UM PASSEIO POR MINAS GERAIS / A POESIA DE Ineifran Varão Vols.I e II / POEMAS BRASILEIROS / CAUSOS E CORDÉIS / VARANO I E II / AMOR QUASE IMPOSSÍVEL / VEREDAS / UM PASSEIO PELO MARANHÃO

sábado, 11 de fevereiro de 2012

SEGUNDO DILÚVIO

Quando outra vez o mar se intumescer,
Não deixará lamúrias na história!
Não poupará memória a qualquer ser;
Não poupará o falso em sua vanglória!

O sal corroerá em bel-prazer
E, triunfante, irá cantar sua glória,
Quando outra vez o mar se intumescer,
Não deixará lamúrias na história!

Gargalharão no escuro ao padecer
Jocosos... Risos falsos morrerão
... E não verão jamais o amanhecer!
Triunfará o Bem, na imensidão,
Quando outra vez o mar se intumescer!

Leave your comments
Deixe seu comentário