VOZES DA POESIA / POESIA EM VÁRIOS TONS / POESIAS BRASILEIRAS / UM PASSEIO POR MINAS GERAIS / A POESIA DE Ineifran Varão Vols.I e II / POEMAS BRASILEIROS / CAUSOS E CORDÉIS / VARANO I E II / AMOR QUASE IMPOSSÍVEL / VEREDAS / UM PASSEIO PELO MARANHÃO

quarta-feira, 4 de julho de 2012

RONDEL DE UM SONHO


 
Tornou-se apenas o fantasma dos meus dias
Aquele sonho que embalava a esperança...
Dos seus castelos impregnados de magias
Suspira em ais sempre fugazes a lembrança...

Mostrou-me a graça nas imagens fantasias,
Depois as faces, pouco a pouco, em confiança.
Tornou-se apenas o fantasma dos meus dias
Aquele sonho que embalava a esperança...

Jamais mostrou-se inteira em face sem fatias!
Fantasmagórico vislumbre fez-se herança!
Deixou tristeza, carregou-me as alegrias...
Por muitas vezes fez-me adulto e até criança...
Tornou-se apenas o fantasma dos meus dias...

Leave your comments