sábado, 18 de novembro de 2017

VOYAGER - A Nave Terrestre













Nave feita de sonhos em etéreas lidas
singrando o infinito num vagar intenso
vai  deslumbrando a ótica de um mundo denso
vai desbravando o incógnito de tantas vidas

Sonhos de apelo incerto, de duras medidas
pintando um ponto móvel no Universo imenso!
Os nossos sons gravados são mãos estendidas,
pacíficas criaturas bafejando incenso!

Nave de sonhos feita, porta-voz da Terra,
silente e elegante a tua missão encerra
o perscrutar do homem ante a Natureza!

Se alguém lá tu encontrares, diz que somos gente,
que estamos progredindo, mas inda há indigentes...
E que, apesar de tudo... A Terra é uma Beleza!