VOZES DA POESIA / POESIA EM VÁRIOS TONS / POESIAS BRASILEIRAS / UM PASSEIO POR MINAS GERAIS / A POESIA DE Ineifran Varão Vols.I e II / POEMAS BRASILEIROS / CAUSOS E CORDÉIS / VARANO I E II / AMOR QUASE IMPOSSÍVEL / VEREDAS / UM PASSEIO PELO MARANHÃO

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

REALISMO REMANESCENTE (varano)


Sobe a ladeira
Vai tão faceira
Vai toda prosa
Toda garbosa
... Nega Fulô

Vai ver seu nego
Fazer chamego
Porque Sinhá
Foi tomar chá
... Foi com Sinhô

Roupa de chita
Voltou bonita
Voltou contente
Disse: Sou gente
... Falo ‘hello’

Mostrou na lida
Que nessa vida
̶  Como se diz
Viveu feliz  
... Sem bangalô!