Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

domingo, 25 de dezembro de 2016

A CRIAÇÃO DO MUNDO, pelos olhos do poeta


Quando Deus criava o mundo,
foi criando as coisas belas:
Inventou a natureza,
o firmamento, as estrelas;
criou o cravo e a rosa,
perfumou-a, a fez sedosa,
deu-lhe as cores de aquarelas!

Foi criando os animais,
os prados e as campinas,
rios, mares e florestas...
criou vales e colinas;
para enfeitar, pôs as flores,
cheirosas e multicores,
e o frescor que vem das minas!

Fez Adão e, da costela,
fez Eva, sua mulher!
Um paraíso lhes deu,
sem faltar nada sequer;
mas sobreveio o pecado...
Ele ficou chateado,
pela ação do Lúcifer! 

Então, surgiu o sofrimento,
as mais terríveis doenças!
Os queixumes, as intrigas,
as brigas, as desavenças,
as tristezas e as dores...
muitas lágrimas, rancores,
tantas crenças e descrenças!

Mas, o criador do mundo
− Sapientíssimo e Esteta −
teve compaixão de nós
− Sua criação predileta −
tendo feito a natureza,
fez-nos ver a sua beleza
...pelos olhos do poeta!