Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O Aniversário de um Homem













É dia de Natal... E ele está sozinho...
Cartões, abraços,  beijos até no cãozinho.
Acho que o homem  está triste, apesar das festividades.
Presentes e mais presentes, sem grandes novidades.
Sozinho na multidão ele procura seu nome.
Ninguém o anuncia. Ninguém fala nesse homem.
Guirlandas e árvores, bolas brilhantes e coloridas.
Gente pra cima e pra baixo nos “ shoppings”  e avenidas.
De quem é esse aniversário? Por que o povo se rejubila?
A mídia anuncia tudo. Sem escolha, entramos na fila.
Muitos não ligam, outros nem sabem o porquê da festa (é minha  impressão).
Bebem, dançam, gritam...  Tremenda confusão.
... E aquele homem caminha pelo mundo,  sozinho,
Olhando dançarinos e bêbados girando como moinhos...

...........................................................................................
Ele não está longe! Ele está aqui! Ele está por toda parte!
Ele vive e ainda zela por todos nós. Ele me ama e quer amar-te!
Ele já fez Sua tarefa e nos mostrou o caminho.
Foi crucificado e coroado de espinho,
Morreu por nossos pecados e nos deu a Salvação!
Ah! Jesus é o nome dele!  É seu aniversário. Senhor, perdoe-nos! Receba nossa  humilde  Saudação!
UM FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO A TODOS !