Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

TUDO PASSA !


A vida vira a página do dia
Pra dar lugar à noite benfazeja!
Que venha e traga a paz que a alma deseja!
Seja bem-vinda em sua fidalguia!

No palco efervescente ou na coxia,
O começar da noite relampeja,
Enquanto o corpo rola e balbucia,
Aos goles e sabores de cereja!

Passam-se as horas, tudo se adormece...
A vida deita em seios, qual em prece,
E em colos e regaços dorme entregue!

O mundo gira e cedo já amanhece!
Alma refeita, em pé... Vida que segue...
Em nós, já só lembrança permanece...