Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

quarta-feira, 11 de junho de 2014

MEGA SAUDADE


Como arrancar dos ares um suspiro,
quando nos vem de longe uma saudade...
não diz a hora e vem e nos invade
tão forte como a flecha ou como o tiro!

Um turbilhão de imagens faz um giro,
qual carrossel do parque da cidade,
e leva-nos da mente a algum retiro,
deixando-nos sem ar, sem liberdade...

Pensar e repensar, eis a questão,
é o que nos recomenda o coração,
no embalo da saudade a que se apega...

Saudoso, o coração suspira fundo
e vai, batendo forte, ao fim do mundo,
no rastro da saudade imensa... mega!