Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

domingo, 4 de agosto de 2013

O SABIÁ E O DRAGÃO



Espraia-se o vagido da tormenta,
Enquanto dorme incauto o brasileiro,
Que endeusa o personagem forasteiro,
Sem ver que do Dragão a chama aumenta!

Das velhas dinastias se comenta
Cultura milenar, povo altaneiro!
Pois hoje, é a economia que ele ostenta,
E o mundo vê o Dragão ser o primeiro!

Em pouco tempo o mundo passará
A consumir da China tudo em volta
O ‘jingue-lingue’ logo assumirá

O monopólio em tudo e venderá
De tudo ou quase tudo sem escolta...
Ganha o Dragão, sucumbe o Sabiá!