Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

AMOR DE BAILE


Na noite em que te vi, vestias branco...
Trazias em teus lábios o carmim!
Teu riso me quebrava de tão franco,
Mas tu sorrias a todos, como a mim...

No canto, eu me continha, porque assim,
Podia ver-te toda, frente e flanco!
Ao te pensar... Eu fiz um verso manco
E dei-o em tuas mãos, entre o cetim!

O baile começava em nossas vidas;
A música tocava aconchegante...
Lá fora, a lua prateava as margaridas,

Cá dentro, teu olhar estonteante
Ditava-me palavras jamais lidas...
Amei-te toda a vida... Àquele instante!