Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

segunda-feira, 6 de maio de 2013

A poesia é assim...


Ela está no sentir
e saber observar...
Tem sua forma no verso,   
ou direto ou transverso,
e é lançada ao universo,
ao nascer de um pensar!

Há poesia na escrita,
ou descrita no olhar,
como o azul desse céu,
como a bruma que, ao léu,
desfraldada qual véu,
cobre o lago a bailar!

A poesia é cantiga,
dela vê-se a leveza...
Qual u’a pétala clara,
ou uma dança caiçara,
ou a pepita mais rara...
Brinde da natureza!

A poesia vem d’alma
e em silêncio ela vem,
ao nascer com a gente!
Ela é força latente,
ordenada na mente,
que transcende ao além!

É consolo, é alívio,
É o reflexo do ser!
A poesia enobrece;
ela ao homem oferece
co’a candura da prece...
O mais limpo viver!