Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

sábado, 5 de janeiro de 2013

BOM SENSO


Dos trampolins da vida me safei,
À sombra imperceptível da consciência;
Nem sempre os fatos vêm sem conseqüência,
Mas fui guiado do alto, hoje é que eu sei...

Dos trampolins da vida onde eu pulei,
Antes do impulso ao pulo, ouvia a essência
Do que meus pais disseram-me e eu guardei:
‘Usar bom senso em tudo é sapiência’!

Crescer não é viver à revelia;
A idade nos empurra às aventuras...
Não faço hoje o que antes eu fazia,

Como não fazem muitas criaturas,
Mas digo ao jovem: Faça-o, eu o faria!
Mas, com bom senso, em terra e nas alturas!