Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

UM CAUSO DO ALÉM


Pois esse causo do além
Deixou-me um tanto assustado
Um amigo no hospital
Viu a morte do seu lado

Seu apelido era Pé
Mas seu nome era Geraldo
Mas pra se safar da morte
Mentiu mesmo sem respaldo:

Cinco ‘cama’ ele no meio
Morreram os do lado esquerdo!
Veio a morte perto dele
Com tridente e jeito lerdo

– É você que é o Geraldo?
Perguntou-lhe em tom macabro
- Não! Meu nome é Tio Pé
Geraldo é aquele do lado

Noutro dia estava só
Seu causo foi o assunto!
Os dois ali do outro lado
Também viraram defunto!