Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

SE...


Ah... Se eu fosse adivinho – o do cristal,
Talvez sofresse menos meu destino;
Talvez quisesse ser inda um menino;
Talvez achasse a vida tão banal...

Ah... Se adivinho eu fosse – do astral,
Quem sabe aproveitasse o dom divino,
Ouvisse longe o aviso, como um sino,
Pudesse eu também dar o sinal...

Mas adivinhos nada saberão!
A nós não nos foi dado esse quinhão!
Bailamos à deriva, ao Deus dará...

Mas, se adivinho eu fosse, o meu perdão
Iria cair do céu como um maná...
Quem sabe eu lhe daria na sua mão...