Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

OS NOVE NÃOS

Não viva os dias só, não seja egoísta.
Não busque atrás do espelho o seu reverso.
Não siga algum caminho se perverso
Assim lhe parecer, à sua vista!

Não deixe que a mesmice lhe acorrente.
Não seja rabugento, seja amigo.
Não busque em suas mágoas um abrigo.
Não seja em sua vida um ser ausente.

Não se deixe levar pelas lisonjas,
Que são macias e agem como esponjas...
O mal também se esconde em gentileza!

Não exagere ao dar linha à sua pipa,
Cortam-lhe com cerol, cai qual tulipa
E se mistura ao lixo, sem beleza!

Leave you comments
Deixe seu comentário