Vozes/Poesia em Vários Tons/Poesias Brasileiras/Um Passeio por Minas Gerail/A Poesia de Ineifran Varão vols.I e II/Poemas Brasileiros/Causos e Cordéis/Varano/Varano, o poema sonoro

sábado, 27 de agosto de 2011

Nas curvas do teu corpo













Nas curvas que viajo nesse corpo lindo,
Viajo em ida e volta quase extasiado,
Na maciez do corpo quente e perfumado,
Que me ofereces ao viver amor infindo!

Desfaço-me em gestos de puro carinho,
Para te dar no clímax do teu prazer
O máximo de mim no que sei bem fazer
E derramar o néctar no teu doce ninho!

Nas curvas do teu corpo que jamais me perco,
Reúno o que há melhor em mim e faço um cerco,
Para te ver sentir prazer em profusão!

Quando não mais puder te amar co’esse furor,
Eu te darei ainda todo o meu amor,
Pois é o que existe em mim e é teu meu coração!